domingo, 18 de março de 2018

27ª Edição do Poetizando e Encantando

Mais uma Edição do Poetizando e Encantando
uma proposta da amiga Lourdes Duarte
E ela nos oferece esta bela imagem
para nos encantar e poetizar
Viajando pelas paisagens de minha memória
passeio pelas páginas amarelecidas da minha vida
vejo a imagem do teu rosto tatuado nos labirintos 
dos meus antigos sonhos e vagueio
pelo incansável e sinuoso túnel do tempo
em busca do retrato pintado com a aquarela do amor

E no reflexo das lembranças da vida
uma luz luz intermitente reluz
são os recortes da saudade
que voltam como retalhos de esperança

Perco-me na imensidão de minhas memórias
no recanto escuro da solidão tento te encontar
um vazio, um arrepio, um trêmulo calafrio

Nesta longínqua distância que o tempo ignora
busco a chama adormecida 
de um amor impossível de esquecer
Vivo a delirante saudade de uma eterna lembrança
de um amor que deixou marcas profundas
nas páginas já corroídas da minha vida
(Gracita)


27 comentários:

  1. O coração sangra de saudades e solidão
    Uma maravilhosa construção poética, Gracita
    Um ótimo domingo
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Uma triste e saudosa lembrança de um belo amor
    Beijinhos no core

    ResponderExcluir
  3. Saudades nesse passeio pelas amareladas páginas do livro da vida! Beleza de poesia! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde. Arrepiante a sua forma de poetizar. Cada palavra, cada verso, são pérolas poéticas. Lindo demais.
    .
    * Mãos de amor que seguram um livro fechado ( Poetizando ) *
    .
    Votos de um dia feliz

    ResponderExcluir
  5. Esses amores impossíveis!!
    Gracita você consegue nos deixar embevecidos em seus poemas.
    Bela participação.(também estou participando).
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida amiga Gracita!
    De muito bom tom seu poema e escrito com as garras que carrega dentro do seu nobre coração: intenso e dolorido mas que só Deus saberá o porquêr ter que ter sido assim, amiga.
    Cada um de nós tem um livro lindo com páginas que bastará dobrarmos, se forem já inúteis mesmo tendo sido vividas...
    Lindo demais seu poetar nato!
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Querida Gracita, embora tristes recordações e saudade, sua poesia está belíssima! Uma construção poética que me emocionou e amei quando escreveste


    pelo incansável e sinuoso túnel do tempo
    em busca do retrato pintado com a aquarela do amor

    E no reflexo das lembranças da vida
    uma luz luz intermitente reluz
    são os recortes da saudade
    que voltam como retalhos de esperança...

    Esse recorte de saudade vem aflora porque as fortes lembranças estão cravadas não só na mente mas no coração.
    Obrigada amiga, por mais uma vez participar do poetizando. Sei que é um grande desafio toda semana, principalmente para quem tem a vida com muito trabalho durante a semana, professora como você. Quando se tem a poesia no sangue, no coração e na alma torna-se irresistível esse desafio.
    Muitas vezes pensei em dar um tempo, mas a cada edição, são poesias que nascem do coração de grandes poetas e poetisas que nos encantam, nos deixam maravilhados, então prossigo. Vocês me impulsionam a postar mais uma vez, com todo carinho e muito agradecida. O sucesso desta Bc, é exclusividade de vocês grande poetas e poetisas! Obrigada amiga, sou sua fã, é verdadeiro.
    Tenha um lindo fim de tarde e um início de semana abençoado.

    ResponderExcluir
  9. Não só me encantei amiga! me emocionei com seu poetar. Que jesus continue lhe abençoando e que no livro da vida você tenha muitos capítulos felizes para escreve. Abraços

    ResponderExcluir
  10. Gracita!
    É uma viagem diária para o lúdico conhecimento e aprendizado interior.
    Encantada com seus escritos, parabéns!
    Semaninha de luz e paz!!
    “Quando choramos abraçados e caminhamos lado a lado. Por favor amor me acredite, não há palavras para explicar o que eu sinto...” (Renato Russo)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/2018/03/divulgacao-cultural-37-27-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  11. Querida Gracita, se a vida só fosse de coisas e acontecimentos bons, com certeza não cresceríamos espiritualmente nem como pessoa. Imagino que pelo sofrimento aprendemos mais que com a felicidade e com certeza és uma mulher guerreira que não se entrega fácil. parabéns pela poesia muito bem escrita e que embora triste tornou-se linda! Seja muito feliz amiga!

    ResponderExcluir
  12. Amiga Gracita, já lhe falei e torno a falar, és uma grande poetisa que encanta! E hoje lendo essa linda poesia, afirmo és uma guerreira, uma vitoriosa mesmo com as dores que passou, és lutadora e Deus te ama muito! Siga escrevendo sua história de vida amiga e seja muito feliz. Abraços

    ResponderExcluir
  13. Há amores que tal como a poesia ... nunca perdem a beleza!!!bj

    ResponderExcluir
  14. Há amores que tal como a poesia ... nunca perdem a beleza!!!bj

    ResponderExcluir
  15. Boa noite!
    Poema soberbo...emocionante! AMEI

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Uma viagem pelos labirintos atemporais das saudades. Mais um belo versar, Gracita.

    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  17. Bom dia. Sou Fã de todos os seus escritos, sejam poema ou prosas. Parabéns.

    Hoje:- Saudosa Viagem...

    Bjos
    Votos de uma boa Segunda-Feira.

    ResponderExcluir
  18. Analogia e arte com as palavras num olhar profundo de uma imagem, que nos leva a entender a corrosão do tempo, a oxidação de nossos sentimentos, o desgaste de nossas vidas, mas nunca sem deixar de lubrificar nossas esperanças de dias melhores, de páginas mais coloridas e belas.
    Bem assim Gracita. Um show de construção inspiradora.
    Beijos e que a semana seja leve e alegre no bom inicio de Outono.
    Meu terno abraço mineiro de flor.

    ResponderExcluir
  19. Olá Gracita, é isso amiga Gracita, gostei desse mergulho pelo seu livro da vida, penso que ter história pra contar é motivo para comemorar as subidas e descidas, se tudo fosse flores a vida serias sem graça, vale a coragem e a fé para superar adversidades, renovação da esperança de um mundo com pessoas felizes e pacíficas!Um novo livro com novas histórias a colorir duas páginas. Parabéns pelo grande postado!

    Bjss!


    http://blogandocoletivamente.blogspot.com.br

    http://contosdadina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Tener añoranza, saudades, aunque a veces se sienta dolor al recordarlas, también es hermoso saber que se han vivido, que, pese a todo lo sufrido, aún hay bellos recuerdos que jamás quedarán en el olvido.
    ¡Precioso poema!
    Cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  21. Boa Noite querida amiga Gracita!

    Lindo poema expressando a dor do amor ausente e as lembranças que ainda sente. Parabéns pela participação, está maravilhosa!

    Pode visitar minha participação aqui: https://jjuliojl.blogspot.com.br/2018/03/livros-velhos-amarelecidos.html

    ResponderExcluir

  22. http://afetocolorido.blogspot.com.br
    https://blogandocoletivamente.blogspot.com.br
    https://experimentalailabrito.blogspot.com.br
    https://contosdadina.blogspot.com.br
    http://pensandoempoesia.blogspot.com.br
    http://aparaibaesuasbelezas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Que lindo , Gracita ! "E no reflexo das lembranças da vida
    uma luz luz intermitente reluz
    são os recortes da saudade
    que voltam como retalhos de esperança". Sempre haverá aquela luz que desperta em nós esperança . Linda poesia . Romântica e carregada de emoção . Abraços .

    ResponderExcluir
  24. Que poema deslumbrante!
    Sempre existirá a esperança do reencontro pois a chama do amor nunca se apaga
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  25. Olá amiga!
    A gente aprende com os erros e erra com os acertos.... Vamos adiante, temos que caminhar mesmo assim. Amanhã será o dia do Poetizando e Encantando.
    Deixando hoje o convite, pois muito me honra sua maravilhosa participação mais uma vez!

    A poesia convida-nos
    A soltar as palavras
    Buscar nas imagens inspirações
    Algo que possa falar do amor
    Da natureza ou outra situação.
    Encantar-nos com
    Tantas belezas
    vindas dos corações.
    Mas, apenas um
    Pensamento me invade
    E dele não posso falhar,
    Quantas poesias lindas
    Irão nascer de grandes poetas
    Que participam desta BC.

    Nesta edição, sugeri mais de uma imagem para que o campo poético fosse mais aguçado.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.


    ResponderExcluir